17 outubro 2016

Ter um gato bebe não é ter um filho mas não fica assim tão longe...

- com 2 semanas de gato em casa só tivemos um cocó fora do sitio, de resto portou-se sempre bem!
- quanto à comida rejeitava os secos no inicio, agora já vai comendo alguns.
- aprendeu logo na segunda noite que dormir é sozinho no sitio dele, com as coisas dele. Na primeira noite ainda miava mas na segunda já foi tranquilo.
- quer muita atenção tanto para mimos como para brincar, trepando pelas pernas e não nos deixando fazer a comida (por exemplo) descansados.
- começa a testar-nos com arranhar os sofás, cadeiras e etc.
- já sabe o que é um NÃO bem acentuado.
- associa o termo "shhhht" para parar quando sabe que está a fazer algo errado.

4 comentários:

Janny disse...

é um filho, só não é da nossa raça!

Mari disse...

Inteligente! Adoro gatos :P

Opinante disse...

Que vos encha a casa de alegria ;)

[B] disse...

Eu acho que ter gatos ou cães é como ter filhos (numa outra perspectiva). Eu tenho 2 cães e a minha vida e decisões passam todas em função deles. :)
Beijinhos